Featured Posts

Dúvidas Frequentes

O que é a energia solar?


A energia solar é a energia eletromagnética proveniente do sol, onde é produzida através de reações nucleares, e que, propagando-se através do espaço interplanetário, incide na superfície da Terra. O total de energia solar que incide na superfície da terra em 1 ano é superior a 10.000 vezes o consumo anual de energia bruta da humanidade.


A disponibilidade de energia solar é constante ao longo do ano?


Geralmente não, a disponibilidade varia em decorrência das estações do ano (mínimo no inverno e máximo no verão), bem como do clima do local.


Se o dia estiver com pouco sol ou chuvoso eu fica sem energia?


Não. Em um sistema de geração distribuída, no momento em que a carga (consumo) for maior que a energia injetada pelo gerador fotovoltaico, a rede de distribuição da concessionária irá atender a sua necessidade naquele instante. Portanto, não faltará energia mesmo em dias com tempo fechado. Em contraponto, em dias ensolarados, o gerador fotovoltaico irá injetar uma quantidade de energia superior a consumida no local; gerando créditos e, compensando assim, as horas em que a energia produzida não foi suficiente.


Existe mais de um tipo de energia solar?


Existem duas formas principais de aproveitamento da energia solar:


Solar Fotovoltaico – geração de energia elétrica através de módulos fotovoltaicos;

Solar Térmico – aproveitamento sob forma de calor para aquecimento de água, secagem de produtos agropecuários e em outros casos mais específicos, na geração de energia elétrica através de concentradores de calor como espelhos parabólicos (uso mais específico).


O que são módulos fotovoltaicos?


São dispositivos que convertem a energia luminosa diretamente em energia elétrica em corrente contínua (CC), os quais, quando expostos à radiação solar funcionam como geradores de energia elétrica. São normalmente produzidos a partir de Silício (material semicondutor), o mesmo material utilizado nos "chips" de computador, com base em tecnologia semelhante à utilizada na indústria eletrônica. As três principais tecnologias de fabricação disponíveis são denominadas: mono-Si (Silício mono-cristalino), poly-Si (silício poly-cristalino) e a-Si (Silício amorfo).


Como funcionam os módulos fotovoltaicos?


Seu princípio físico de funcionamento é denominado efeito fotovoltaico (foto= luz; volt= eletricidade). Os módulos fotovoltaicos são construídos com células fotovoltaicas, as quais são essencialmente ligadas em conjuntos série-paralelo, através de pequenas soladas ao longo do painel. A incidência de fótons (pacotes de energia luminosa) nestas células causa uma diferença de potencial entre as camadas "pn" existente no módulo fotovoltaico. Conseqüentemente, essa diferença de potencial gera uma corrente elétrica que irá fluir e promover uma tensão em corrente contínua no circuito.


Quanto produz um painel solar fotovoltaico?


Isso depende de vários fatores como a potência total de saída, local da instalação, orientação e inclinação do painel, temperatura, sombreamento, dentre outros. Um painel de 60 células em Minas Gerais pode produzir em média entre 28 e 34 kWh/mês. Um painel de 72 células pode produzir em média entre 35 e 42 kWh/mês.


Qual a diferença entre W, Wp, Wh e kWh?


W (Watt) é uma unidade de medida para potência (equivalente a um Joule por segundo). Potência é a quantidade de energia cedida por uma unidade de tempo.


Wh (Watt-hora) é uma unidade de medida de energia gerada. Ex: Uma potencia de 10 W exercida por 3 horas equivale a 10 x 3 = 30 Wh


Wp (Watt-pico) é a unidade de medida utilizada para painéis fotovoltaicos e significa a potência em W fornecida por um painel em condições especificas e reproduzidas em laboratório. É a potência máxima que um painel pode fornecer em condições ideais.


kWh (kilo-Watt-hora) são 1000 Wh sendo que k se refere a 1000 para qualquer unidade de medida, como por exemplo kWp e kW que são 1000 Wp e 1000 W respectivamente. kWh é a unidade de medida de nossa conta de luz


Quais dados são necessários para dimensionar um sistema fotovoltaico?


Existem detalhes particulares de cada sistema, mas os dados básicos são:


- Sistemas isolados (off grid)

Lista de equipamentos com Potencia (W), Horas de uso por dia (h) e Voltagem de funcionamento dos equipamentos (12V, 110V, 220V, etc.)

Local da instalação (Cidade - UF)

Autonomia requerida em dias (quantos dias sem sol o sistema deve suportar)


- Sistemas conectados à rede (grid tie)

Consumo mensal em kWh;

Voltagem (110V, 220V, etc.) e tipo de sistema (mono ou trifásico);

Local da instalação (Cidade - UF);

Disjuntor de entrada do padrão (para definir a máxima potencia de saída da planta);

Tipo de telhado e sua orientação.


Quanto custa um sistema de energia solar fotovoltaica?


O custo do sistema depende do seu tamanho e equipamentos selecionados, que por sua vez dependem da quantidade de energia necessária e de características do local da instalação. Pode se dizer que quanto maior o projeto, menor o custo por "Watt instalado", porém tudo depende de uma consultoria prévia por profissionais da área para avaliação do padrão de entrada e da estrutura de cobertura do local onde será fixados os painéis.


Qual a área necessária para um sistema fotovoltaico?


Depende do tamanho e características do sistema bem como da forma como eles deverão ser montados nos arranjos. Cada painel ocupa uma área de aproximadamente 2 m².


Posso produzir energia solar fotovoltaica em minha casa ou empresa?


Sim, e este é uma das aplicações mais utilizadas em todo o mundo. O sistema funciona de forma integrada com a rede elétrica e o consumidor pode trocar energia com esta rede, pagando apenas a diferença entre seu consumo e a produção própria de energia.


É necessária alguma adaptação em minha casa ou empresa?


Não, você pode utilizar a fiação elétrica já existente da sua casa ou empresa, bem como o seu telhado ou laje para fixação dos painéis. A concessionária deverá trocar o relógio de força por um relógio bidirecional. Caso você ainda não tenha construído seu empreendimento, o ideal seria que o telhado fosse voltado para a linha do equador (ou Norte, na maior parte do Brasil) para melhor aproveitamento da energia solar.


Eu consigo “zerar” a minha conta de luz com um sistema de energia solar fotovoltaica conectado na rede?


Não. Infelizmente a maioria das Distribuidoras de energia irão lhe cobrar um mínimo para estar conectado na rede e além disso tem a taxa de iluminação pública que é cobrado na conta também. Mas você consegue reduzir em até 95% o que você paga na conta de luz com o seu Gerador de Energia Solar.


De acordo com a Resolução Normativa N°414, de 09 de Setembro de 2010, artigo 98 as distribuidoras podem lhe cobrar o custo de disponibilidade de acordo com o abaixo:


I – 30 KWh em R$ para quem tem conexão monofásica (2 Condutores)

II – 50 kWh em R$ para quem tem conexão bifásica (3 condutores)

III – 100 kWh em R$ para quem tem conexão trifásica


Posso vender energia para a concessionária?


Não. O sistema adotado pelo Brasil não permite a venda de energia à concessionária como em outros países. No entanto existe um sistema compensação de energia onde um crédito (Produção maior que o Consumo) gerado em um determinado mês pode ser utilizado em um mês subsequente ou até mesmo em outra unidade consumidora do mesmo CPF ou CNPJ, dentro da mesma concessionária.


Por exemplo. Se em um determinado mês a radiação solar é muito alta e você produz muito acima daquilo que você consumiu, você irá acumular créditos de energia. Estes créditos podem ser aproveitados em outras unidades consumidoras previamente cadastras a receber estes créditos, sem limite de unidades (todas devem estar sobre mesmo CPF/CNPJ). Caso não haja nenhuma outra unidade consumidora a receber estes créditos, você poderá utiliza-los em meses subsequentes em que seu consumo for maior que a sua geração! A validade dos créditos é de 60 meses!


Os sistemas conectados à rede elétrica são permitidos pela concessionária?


Sim, inclusive há Resoluções Normativas da ANEEL (482/2012 e 687/2015) que tratam inteiramente sobre sistemas de microgeração conectados à rede elétrica. As concessionárias não só devem permitir como têm prazos máximos definidos para avaliação e autorização dos sistemas.


O sistema fotovoltaico pode ajudar para quedas de energia? (Backup)


É comum as pessoas pensarem que a energia solar fotovoltaica servirá de backup (reserva) caso quedas de energia aconteçam. Este é um pensamento equivocado. Os inversores grid tie (conexão à rede) funcionam de forma sincronizada com a rede elétrica e dependem dela para funcionar. Esta é inclusive uma medida de segurança para não ferir técnicos de manutenção que desligam a rede para efetuar um reparo.


E se houver um racionamento de energia? O sistema de energia solar me ajuda?


Sim. Em 2001, quando tivemos a primeira Crise de Energia, o governo estabeleceu um limite máximo de consumo para as residências e quem ultrapassasse pagava multa. Se você tem um gerador de energia solar você produz a sua energia e não paga multa se houver racionamento de novo.


Posso ser independente da concessionária usando energia solar fotovoltaica?


Sim, porém se você já tem acesso à rede elétrica isso não é recomendado. O sistema fotovoltaico conectado à rede é mais eficiente, econômico, seguro e de menor manutenção. Portanto é a melhor opção para as pessoas que já possuem acesso à rede de distribuição.


Após os 25 anos do sistema FV o que acontece? Ele perde totalmente a utilidade ou continuará funcionando com uma eficiência mais baixa?


Após os 25 anos ele continua funcionando. Provavelmente produzindo 20% menos energia do que no primeiro dia que você comprou (a vida útil dos painéis pode chegar a 50 anos se for bem cuidado). Existe uma degradação natural onde eles perdem, em média, 0,7% de sua eficiência por ano. A garantia padrão dos bons fabricantes é de uma perda máxima de 20% em 25 anos.


Qual a manutenção necessária após a instalação do sistema? Qual o custo disso? Quem faz?


A manutenção anual limita-se a uma limpeza das placas (quando for necessário) com água. Como se você estivesse limpando um vidro de sujeira no seu telhado. Se chover a chuva fará este trabalho para você, caso fique muito tempo sem chuva (mais de 6 meses) e você observar que a placa está realmente suja, então o ideal é passar um pano nos painéis.

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon
energysolver
Juntos pela energia solar

(31) 3245-9070

  • Linkedin Energy Solver

Todos os direitos reservados:

© energy solver

Av. Otacílio  Negrão de Lima, 13720 Pampulha,

Belo Horizonte - Minas Gerais, Brasil

Funcionamento: 

Segunda à Sexta-feira das 08h00 às 18h00